Tenha seu domínio nacional ou internacional de forma simples, rápida e segura com a Omegasites.


O QUE É UM DOMÍNIO WEB?

Um domínio nada mais é do que uma identidade no mundo virtual. Assim como quando nascemos ou abrimos uma empresa, somos cadastrados sob um RG ou CNPJ, assim também acontece na internet. Para uma empresa existir no mundo virtual, ela precisa registrar um domínio que a indentifique e possa assim ser encontrada pelos internautas através de pesquisa em motores de busca ou digitando o nome do seu domínio (exemplo: www.minhaempresa.com.br).

Uma empresa que não possui um domínio registrado, simplesmente não existe no mundo virtual e, consequentemente, não poderá aproveitar as oportunidades de negócios que a internet oferece. Este é o primeiro passo para quem deseja ter um site: registrar um domínio.

TIPOS DE DOMÍNIOS

Temos dois tipos de domínios que podem ser registrados: domínios nacionais e domínios internacionais. Aqui no Brasil, a empresa responsável pelos domínios brasileiros é a NIC-BR, mais conhecida como REGISTRO.BR. Já para domínios internacionais, existem diversas empresas que fazem o registro, tais como GODADDY, UOL, REGISTROCOM, entre outras.

Os domínios são separados por extensões, as quais são usadas para definir determinados seguimentos. As mais comuns são:

NACIONAIS: .com.br / .net.br / .org.br / .info.br

INTERNACIONAIS: .com / .net / .org / .info

O registro de um domínio pode ser efetuado pela própria pessoa, seja usando o CPF ou CNPJ da empresa. Porém, a Omegasites pode cuidar disso pra você ou sua empresa para facilitar esse processo.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE DOMÍNIOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS?

Na prática, nenhum. O que os diferencia é a forma em que eles são registrados e regulamentados. Ou seja, domínios nacionais são regulamentados unicamente pela NIC-BR, já os internacionais são regulamentados por diferentes empresas, de acordo com as extensões pretendidas. Porém, ambos os tipos funcionam em nível mundial, podendo ser acessados de qualquer parte do planeta. Vale a pena salientar que os domínios nacionais são bem mais práticos de gerenciar.